Está pensando em comprar um imóvel? Por mais distante que possa parecer, o sonho da casa própria pode estar mais próximo e descomplicado do que você imagina. Contudo, não é tão simples quanto apenas dizer, mas com organização, planejamento e o apoio certo, você pode comprar o seu imóvel agora mesmo. 

Na maioria das vezes muitas pessoas ficam inseguras na hora de comprar um imóvel, pois se trata de um investimento alto e com longo prazo. Porém, vale a pena colocar na balança e investir em algo que seja seu e sair do aluguel.

Você sonha em comprar um imóvel e não sabe como?

A seguir, trazemos algumas dicas e opções que você pode analisar sobre como comprar um imóvel, sendo as mais populares: financiamento, empréstimo e consórcio. Vamos conferir?

Confira após publicidade:

Dicas: como comprar um imóvel?

Antes de começarmos a tratar sobre as possibilidades que você possui para comprar um imóvel, é preciso que tenha em mente algumas questões. Antes de ir atrás para adquirir uma casa ou apartamento, você precisa se planejar e organizar as suas finanças, para não “cair em furadas”. 

Porque planejar a compra da sua casa própria?

Planejar é fundamental para que você busque, com maior objetividade, o imóvel certo para comprar. Já tendo em mente como deseja – envolvendo tamanho, quantidade de cômodos, localização, etc…

Quando você se organiza, pode acompanhar de maneira eficiente o passo a passo da compra do seu imóvel. Além disso, estar atento a todos os detalhes na assinatura de contrato, condições de pagamento, negociação e outros mais.

Se organizar também auxilia na compra do imóvel com base no valor que cabe em seu orçamento, para não ter grandes dores de cabeça futuramente.

Estas são ações simples, porém de grande importância e vão lhe ajudar a evitar erros durante a negociação. Tendo isto em mente, estará mais próximo da realização deste sonho de conquistar a casa própria.

Comprar o imóvel próprio pode ser bem mais simples e descomplicado. Confira!

Como comprar um imóvel que atenda às suas necessidades?

Antes de adquirir o imóvel próprio, é necessário ter como prioridade uma opção que venha para atender às suas necessidades e de sua família. 

Para isso, pesquise bem antes e leve em consideração fatores como:

  • Localização;
  • Preço;
  • Tamanho do imóvel;
  • Área disponível (caso você deseje);
  • Segurança;
  • Facilidades de acesso;

Tenha certeza que o imóvel seja realmente útil  e adequado para a sua vida e seu bem-estar.

Formas de pagamento para comprar um imóvel

Confira após publicidade:

.

Após decidir qual a melhor opção de imóvel, é hora de escolher qual forma de pagamento se encaixa na sua realidade. São várias as situações, você pode realizar um financiamento e logo após se sentir preso a este, então fique atento. 

Pagar à vista inicialmente pode causar um grande impacto em seu orçamento e requer um planejamento maior. Porém, é uma ótima opção para você conquistar a casa própria sem estar comprometido com o pagamento ao longo dos anos. Sem sombra de dúvidas, esta é a melhor opção caso você queira tranquilidade e segurança habitacional.

Resumindo, os imóveis podem variar, assim como sempre há condições mais favoráveis do que outras para que você possa realizar o sonho do imóvel próprio.

Portanto, é preciso analisar com calma a opção que melhor se encaixa a sua realidade financeira. Para que você não tenha dores de cabeça e o sonho não se torne pesadelo!

Empréstimo para comprar um imóvel:

Como funciona o empréstimo? 

O empréstimo é uma solução para quem está com orçamento apertado ou quem quer fugir do aluguel. O acesso a este crédito possui algumas facilidades, mas é exigido também análise de crédito do solicitante por parte das instituições.

Existem planos específicos de empréstimos e em muitos casos você pode retirar o dinheiro sem dar muitas “explicações” ao banco sobre o destino do valor. Nesse caso, você retira o dinheiro que precisa e paga o valor, com acréscimo de juros dentro do prazo estabelecido no acordo. Nesta opção os juros são maiores e requer garantias reais de pagamento.

Confira após publicidade:

.

Porém, este processo tem um custo e pode haver o risco do credor ficar sujeito a uma análise de crédito com maior rigorosidade. Além disto, se você não tiver outros bens como garantia de que irá arcar com os custos do compromisso, poderá não conseguir o crédito. Assim, para comprar um imóvel, é necessário analisar bem se esta será a melhor opção para o seu bolso. O empréstimo será uma excelente opção para situações que demandem valores mais baixos de investimento.

O empréstimo para a compra de um imóvel apresenta maiores facilidade de acesso, além das condições do investimento que podem ser negociadas. Porém, o valor final em algumas vezes não é tão compensatório, já que as taxas de juros costumam ser bem mais elevadas.

Como o score interfere no empréstimo bancário.

Além disso, a burocracia é grande envolvendo a análise de crédito, como por exemplo o score. Pontuação que varia entre 0 e 1.000 e tem a função de indicar a probabilidade do consumidor pagar suas contas em dia. Estes dados são utilizados para auxiliar na análise de crédito e perfil de risco do cliente, para assim oferecer oportunidade de créditos adequadas.

O empréstimo pode ser contratado somente para indivíduos maiores de 18 anos, com comprovação de renda (como forma de garantia do pagamento do crédito). Caso vá para a etapa de análise de crédito pela instituição financeira, é de extrema importância ter então um bom score.


Deseja comprar ou anunciar seu imóvel com segurança e a certeza de um bom negócio?

Acesse o seu jornal de negócios e saiba mais!


Como financiar a compra de um imóvel?

O financiamento consiste em uma forma de crédito utilizada para aquisição de um bem específico, seja automóvel, fins estudantis ou para a casa própria. Estes são iniciados quando se necessita de um montante com valor e prazo de pagamento maior. Da mesma forma, deverá ser justificado o seu destino no momento de assinar o contrato.

O financiamento demanda por um processo mais complexo de análise de crédito.

O comprador realiza o financiamento do imóvel em um banco ou instituição. O banco assume o compromisso de realizar o pagamento ao vendedor dentro dos prazos e taxas estabelecidas.

Uma das vantagens, de realizar o financiamento da compra de um imóvel, é que este se apresenta em várias versões, se mostrando um grande atrativo para que você possa escolher o que melhor se adapta a sua realidade. Outra vantagem é a grande facilidade na aprovação do crédito para quem deseja comprar o imóvel próprio e sair do aluguel. Mas atenção, para ter o máximo de benefícios cuide de todos os detalhes da negociação. Taxas extras, o tempo estabelecido no contrato para quitação e seguros obrigatórios!

Ao realizar um financiamento você pode também utilizar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para quitar parcialmente ou inteiro o saldo do devedor. Porém, assim como todas as modalidades, possui algumas especificações. Aqueles que desejam realizar o sonho de comprar o imóvel próprio por meio de um financiamento, devem possuir acima de 18 anos e comprovar a capacidade de realizar o pagamento do valor solicitado à instituição.

Construa um novo futuro ao lado da sua família.

No entanto, financiar um imóvel também apresenta desvantagens. Uma delas é que muitas instituições exigem que seja aberta uma conta para a liberação do contrato. Isso gera uma burocracia ainda maior para a realização da análise de crédito, documentação, fora a necessidade de pagar entrada.

Consórcio para a compra de um imóvel

Outra opção para se livrar do aluguel é a utilização de consórcio. O consórcio consiste na reunião de pessoas (jurídicas ou físicas) que em conjunto, formam um fundo em comum. Todo mês é depositado determinada quantia estabelecida pelo grupo e mensalmente são realizados sorteios que contemplem um ou mais participantes com o acesso ao crédito.

Esta é uma opção para orçamentos variados e uma maneira simples de reunir o dinheiro. O consórcio pode ser feito por pessoas que tenham acima de 18 anos e é preciso ter uma quantidade mínima de pessoas para compor o grupo. 

Na contratação de imóveis, as regras referentes ao uso do FGTS são semelhantes às do financiamento. E para isso, é preciso que sejam atendidas as exigências e especificações da Caixa Econômica Federal.

Com essa modalidade, há a possibilidade de utilizar o FGTS como complemento do consórcio para a compra do seu imóvel.

Assim, você pode comprar a sua escolha, por um valor maior, além que, essa opção não exige valor de entrada, o que facilita no momento da aquisição.

Uma outra vantagem da utilização do consórcio para compra de imóvel está nas taxas existentes nas parcelas mensais. Estas, são relativamente baixas em comparação aos juros presentes no financiamento e empréstimo – ou seja, irá pesar bem menos no seu bolso.

Confira após publicidade:

.

Analisando as desvantagens, se percebe que a espera para ser contemplado pelo consórcio, vem a ser um ponto negativo para a aquisição do imóvel próprio.

Enfim, listamos aqui algumas dicas de como você pode comprar um imóvel, sem ter que necessariamente poupar muito dinheiro antecipadamente. 

Outra dica é manter as finanças em dia para não se comprometer com algo que no futuro você não conseguirá pagar. E isso vale para todas as opções citadas: empréstimo, financiamento e consórcio.

Coloque tudo no papel e defina qual o seu prazo e seus objetivos. Escolha assim, qual a melhor opção para comprar um imóvel e realizar o seu de ter o seu próprio espaço.

Gostou das nossas dicas? Trazemos várias outras como estas, para você e sua casa! Que tal conferir?